4 vídeos com poemas de Waly Salomão lidos por Lirinha, do Cordel do Fogo Encantado

A poesia é foda, é corda, é torta, é tocha. A poesia é um imenso clichê genial que de tão clichê, não parece genial e de tão genial, nem parece clichê. E me pergunto: este sou eu ou Salomão? Eu lendo Salomão ou Salomão me lendo? Ou será que é Salomão que me lê através de mim? Eis o resultado da poesia – amálgama de vida – pulsão. Salomão é daquele tipo de poeta de caráter absolutamente alucinado, com uma escrita que convive com todos os tipos de gêneros e formas, e é subjugada a todos os tipos de capricho que a linguagem permite. Flerta desde o surrealismo (que ele diz ser um subssurrealismo), até à poesia concreta de Augusto e Haroldo de Campos. Chega até a transar com o barroco e cantar e dançar com a Tropicália, com suas letras de canções. O resultado é uma obra movente, densalouca, genialucinada. Leia mais AQUI!

A SescTv fez uma homenagem ao lançamento das obras completas do autor chamada Poesia Total e convidou Lirinha, da banda Cordel do Fogo Encantado para recitar suas poesias. O NotaTerapia separou 4 desses sensacionais vídeos com os poemas:

1- A Fábrica do Poema

2- Barroco

3- Operação Limpeza

4- Olho de Lince

Related posts

“Meu pé de laranja lima”: clássico da literatura brasileira integra currículo das escolas chinesas

6 livros para conhecer Abdias do Nascimento

Os 5 melhores poemas de Henrik Ibsen