6 livros para conhecer Abdias do Nascimento

Abdias Nascimento (1914-2011) já foi descrito como o mais completo intelectual e homem de cultura do mundo africano do século XX. Poeta, escritor, dramaturgo, artista visual e ativista pan-africanista, ele fundou o Teatro Experimental do Negro e o projeto Museu de Arte Negra. Segundo o IPEAFRO, suas pinturas, largamente exibidas dentro e fora do Brasil, exploram o legado cultural africano no contexto do combate ao racismo. Professor Emérito da Universidade do Estado de Nova York, ele foi deputado federal, senador da República e secretário do governo do Estado do Rio de Janeiro.

O Jornal Nota separou 6 livros de e sobre Abdias do Nascimento apra você conhecer. Confira:

O Genocídio do negro brasileiro: Processo de um racismo mascarado

Ao longo do século passado, prevaleceu a visão de que os descendentes dos africanos se encontravam, no Brasil, numa condição muito mais favorável do que a vivida pelos negros no sul dos Estados Unidos ou na África do Sul do apartheid. Mais do que estabelecida, essa era uma visão oficial: o Brasil seria uma democracia racial, um lugar em que o grande problema do negro era a pobreza e não o preconceito de cor.

Foi contra essa falácia que Abdias Nascimento se insurgiu ao apresentar, no Segundo Festival de Artes e Culturas Negras, em Lagos (Nigéria, 1977), em plena vigência da ditadura militar, um texto combativo, a começar pelo título, demonstrando que a condição dos negros no Brasil não era realmente como aquela nos EUA ou na África, era pior, vítimas que são de um racismo insidioso, de uma política que conduz a um genocídio.

Compre aqui!

O quilombismo: Documentos de uma militância Pan-Africanista

Resposta ao racismo institucionalizado em nosso país, o Quilombismo propõe soluções, antecipa temas e descortina novos horizontes de atuação pública no Brasil.

Lavrado com a verve, a profundidade e a indignação que caracterizaram todo o trabalho e a luta de Abdias Nascimento e tendo vindo à luz nos estertores dos paradoxais anos 1970, tempos de opressão, mas também de criatividade libertária, este livro propõe, em seus dez documentos, um programa de ação, elaborado da perspectiva dos afrodescendentes, que retoma a experiência comunal dos quilombos para, a partir daí, alicerçar uma proposta de mobilização e transformação sociopolítica em enfrentamento à atmosfera de preconceito difuso e insidioso que lhes sufoca a existência.

Compre aqui!

Submundo: Cadernos de um penitenciário

Submundo é um manuscrito inédito de Abdias Nascimento, produzido no início dos anos quarenta, durante seu período como detento no Carandiru. Documento histórico de valor inestimável, analisa a mentalidade de uma época e é registro indispensável para entender a trajetória política e intelectual de um dos maiores pensadores brasileiros do século XX.

Compre aqui!

Abdias Nascimento: COLEÇÃO RETRATOS DO BRASIL NEGRO, de  Sandra de Souza Almada

Dramaturgo, ator, acadêmico, político, artista plástico, poeta. Abdias Nascimento pertence à elite dos grandes intelectuais engajados nas lutas libertárias dos negros em âmbito mundial – e também na difusão do pan-africanismo. Esta biografia recupera a vida e a obra de Abdias, resgatando as origens da combatividade desse militante respeitado nacional e internacionalmente, para quem o racismo é “a forma assumida pela opressão que mantém na miséria milhões de africanos e afrodescendentes”. 

Sortilégio

Sortilégio escancara a brutalidade do racismo no Brasil, denuncia a farsa da democracia racial e ainda ilumina e se abre para uma poderosa cultura brasileira de matriz africana, além de trazer a discussão sobre identidade.

Sortilégio revela a sorte do povo negro sob a mortalha da democracia racial. Ao contar a história de Emanuel, negro e doutor, a peça traça a biografia de milhões. Seu drama, este drama, é nossa tragédia. Mesmo censurada, difamada e polêmica, Sortilégio tornou-se, logo na estreia, um dos principais marcos do moderno teatro brasileiro: por seu texto inovador, pela plasticidade de sua encenação – as ilustrações deste livro o provam –, pelo olhar crítico e contundente sobre a nossa realidade, pela importância social da presença negra em cena, física e espiritualmente. 

Compre aqui!

Abdias – Abdias do Nascimento

Esta obra apresenta a trajetória de Abdias do nascimento, ator, diretor, dramaturgo e responsável pela criação do Teatro Experimental do Negro (TEM) na década de 1940. Além disso desenvolveu uma militância política de grande expressão para a luta antirracista, tendo integrado a Frente Negra Brasileira e ajudado a Organizar o 1.º Congresso Afro-Campineiro.

Compre aqui!

Related posts

10 livros indicados por Cláudia Abreu

10 citações imperdíveis de O vício dos livros, de Afonso Cruz

Além de “Brás Cubas”: 6 livros brasileiros que também conquistaram o mundo